Novo Site !

Posted in Uncategorized on março 28, 2012 by zigor01

Maiores e melhores informações estão no seguinte site:

 

www.igorlaguens.com

quazlquer duvida: igor@igorlaguens.com ou 11 8461.2400

Anúncios

Bike Fit – Igor Laguens

Posted in Uncategorized on fevereiro 3, 2011 by zigor01

Igor Krivtzoff Laguens
Formação
– SICI (Serotta International Cycling Institute) Bike Fitter Certified NOV – 2010
-Educação Fisica
-Medicina Veterinária

Atua como Bike Fitter e Prof. de ciclismo e corrida pela PLANET Ass Esp

O que é Bike Fit !– Significa: Ajustar a bike para o ciclista, de forma que o mesmo se sinta confortavel pedalando. Uma vez que se tem conforto, encontramos a performance.

O que são os ajustes ?– Aferimos as medidas do ciclista (altura, cavalo, tronco, braços e ombros ) e da bike (top tube, head tube, selim e guidão) e ver se são correspondentes. Em seguida checamos a flexibilidade ( muito importante na amplitude da pedalada) do mesmo. No próximo passo realizamos um estudo minucioso dos pés, onde obtemos o tamanho do mesmo, seguido da sua largura, arco, e verificamos a região do ante-pé se ele varus ou valgus auxiliando na escolha da sapatilha com tamanhos e larguras, assim como palmilhas e calços. Assim como, a posição natural em que ficam os pés quando a pessoa está de pé.
– Após feita a anamnese (entrevista), onde conseguimos definir qual o principal objetivo do ciclista com a bike e obter histórico tanto esportivo quanto de desconfortos ou até limitações inciamos a fase prática do BIKE FIT.

Quais são as possiveis mudanças ?-Inicialmente checamos os taquinhos da sapatilha, posicionando-os de acordo com o ciclista e se necessário instalamos um calço para correção de varus ou valgus assim como também podemos compensar com o ajuste dos taquinhos uma possivel diferença de tamanho de pernas (após diagnóstico fornecido por um médico). Em seguida vamos para a angulação e alinhamento do joelho e seu posicionamento (2a parte mais importante do BIKE FIT ) que será de acordo com a modalidade (tri-passeio-mtb-road) e suas caracteristicas de pedalada, assim como flexibilidade, portanto mexemos na altura e recuo do selim.
-Ajustados os membors inferiores, partimos para a angulação dos membros superiores e tronco. Na minha opinião, esta é a parte onde o ciclista deve fornecer o máximo de informações e sentimentos como: pressão nas mãos, desconforto cervical, compressão do diafragma, ombros muito fechados etc.. E deve relaxar na posição! Neste ponto podemos definir uma posição mais agressiva, ou menos agressiva, aerodinâmica ou não e posicionar da maneira mais eficiente, freios e câmbios ! nesta parte podemos cortar guidão ou clip de guidão (triathlon), troca de mesa (tamanho e ângulação), tamanho de guidão e posicionamento de bar end.

PASSO A PASSO –
-Medidas da Bike
-Medidas do Ciclista (inicio anamnese)
-Anamnese
-Aquecimento 5min, e 1o Video !
-Ajustes e medidas manuais, seguido das mudanças na bike
-2o Vídeo
– Análise em movimento através de Software (Dartfish) tiramos fotos das posições e analisamos juntos como está o posicioamento dos pés, joelho, coluna, eombros, braços e mãos.
– Retorno em 40 dias

Onde Fazer:
Sport Star Bikes: http://www.sportstarbikes.com.br (11) 3083-5900
Clinica Alliance: http://www.allianceclinica.com.br (11) 3037-7099
CicloRavena: http://www.cicloravena.com.br (11) 5051-3055
Biketoor: http://www.biketoor.com.br (11) 3624-6830
Taubike (Taubaté):(12) 3632-4312

Documentário Tour de France 1962

Posted in Imagens e Videos on agosto 4, 2011 by zigor01

Segue video do Tour de France 1962, simplesmente emocionante !

Materia revista GQ

Posted in Uncategorized on abril 13, 2011 by zigor01

http://gq.globo.com/acao/em-busca-da-bike-perfeita/

Em busca da bike perfeita
Escolhemos, para quatro situações, a melhor para você

Por GQ Online

Nenhum dos modelos abaixo foram pensados pelo barão alemão Karl von Drais de Sauerbrun, o inventor da bicicleta, em 1817. Mas no cerne de cada uma tem o toque da invenção que ele estreou lá atrás e circulou por 14 quilômetros batizando-a de “Laufmaschine” – geralmente na língua alemã você não desconfia da eficiência do veículo. GQ Online foi atrás das melhores bikes – mesmo! – para você trocar a sua ou simplesmente passar a olhar a possibilidade de andar em duas rodas (sem motor) com mais carinho. “Giant, KHS, Fuji, Marin, Merida, Scott e uma outra dezena de marcas são legais, mas o mais importante numa bike super desejada é sua quantidade de peças em carbono, que fornece menor peso, diminuindo o atrito da roda com o chão. A pedalada fica mais prazerosa”, explica Igor Laguens, professor de ciclismo e bike fitter (sim, essa profissão existe e é quem ajuda você a ajustar sua bicicleta do jeito certo). Ele foi nosso cicerone nessa busca pela bike perfeita

Novo Video- Bike Fit Pró

Posted in Uncategorized on fevereiro 2, 2011 by zigor01

A escolha certa do selim, como fazer?

Posted in Uncategorized on fevereiro 2, 2011 by zigor01

Esta é uma pergunta que muitas pessoas se fazem. Qual selim eu compro??
Portanto, a partir de agora segue uma seqüência de dicas e detalhes técnicos para ajudar na escolha certa.

– Modalidade. Cada modalidade dentro do ciclismo tem um selim com um formato mais adequado, por exemplo o triathlon que normalmente tem a sua ponteira com maior quantidade de gel, uma vez que de acordo com a geometria da bicicleta e a própria postura do atleta ele tende a sentar mais na ponta do selim, logo esta tem que ser mais confortável, diferente de um selim de XC (Cross Country) um mountain bike mais agressivo onde o atleta mal senta no selim e as voltas no circuito são curtas. Ou seja, sempre defina antes a sua modalidade para escolher o selim indicado para ela.

– Homens e Mulheres. Isso mesmo, existe selim diferente para homens e mulheres uma vez que toda a formação esquelética da mulher é diferente por ter uma bacia ginecóide ou seja ela tem a bacia mais dilatada do que o homem, sendo assim, as tuberosidades do ísquio são mais distantes. E o principal de tudo, é que quem tem que ficar apoiado 100% no selim, são estas tuberosidades, e cada selim tem uma distância de suas bases podendo variar de 125 a 150mm. Continue lendo

Euro Style (regras)

Posted in Uncategorized on dezembro 14, 2010 by zigor01

Para descontrair um pouco (ou muito, melhor dizendo), fiz a tradução das regras do Euro Style (recebi do Hebert por e-mail e acabei por encontrar na net também).

O que é afinal, o tal do EURO STYLE?

EURO STYLE é seguir todas as premissas abaixo, sem exceção.

Por Dom Guiver e Mike Flavell

1. Imagem e estilo deve ser sua principal preocupação. Deve-se manter o foco primeiro em manter sua temperatura baixa e a sua postura, depois o sofrimento e desempenho. Vencer corrida é um talento adicional e só conta se você vencer com EURO STYLE.

2. Você nunca, em hipótese alguma usará bermuda preta (lisa) ou qualquer kit que não contenha um proeminente logotipo de equipe. Deverá se estender por 2/3 da coxa (não mais e nem menos) e a faixa de compressão na parte inferior deve ser de uma cor diferente.

3. As meias devem ficar entre um e dois centímetros abaixo do músculo da sua panturrilha. Devem ser brancas com o logotipo da equipe em destaque.

4. Sapatilhas devem ser de cor branca. Só isso. Em certas circunstâncias outras cores são aceitáveis, como listras. Sapatilhas vermelhas não.

5. Se sapatilhas brancas não estão disponíveis onde você mora, botinhas brancas com logotipos precisam ser adquiridas e devem ser sempre usadas. Nesses casos as meias devem sobressair-se 1cm acima das botas.

6. O quadro da sua bicicleta deve possuir entre duas e quatro cores, sendo o branco SEMPRE uma delas (todas as combinações de bom gosto são permitidas) Continue lendo